Chegaram as revistas em Quadrinhos Disney Número Zero

Chegaram as revistas em Quadrinhos Disney Número Zero

A Culturama deu início a produção das revistas mensais em Quadrinhos Disney e está lançando cinco títulos: Mickey, Pato Donald, Tio Patinhas, Pateta e Aventuras Disney. Os gibis já estão sendo distribuídos para todo o Brasil e logo, logo chegam às lojas, bazares, bancas, supermercados e até farmácias de todo o país.

Em breve, a empresa colocará no ar também uma loja online ampliando ainda mais o acesso aos esperados Quadrinhos Disney e, claro, toda a linha de produtos Culturama.

"Nossa intenção é fazer com que o livro e a leitura sejam parte da vida das pessoas. Para ler, a criança tem que ter acesso fácil ao livro, à revista. Eles devem fazer parte do cotidiano" - comenta o Diretor da Culturama Fabio Hoffmann.

Para marcar a nova fase dos Quadrinhos Disney, a Culturama zerou a numeração das  cinco revistas.

Todas as histórias publicadas a partir de agora serão inéditas no Brasil, adquiridas a partir dos principais centros de produção Disney no mundo, como Itália, Dinamarca e Holanda. Aqui, a Culturama realiza a tradução, letreiramento e diagramação das revistas, montando também as capas. Para a editora-chefe da Culturama Naihobi Steimentz Rodrigues, trabalhar com produto com tanta tradição é um grande desafio que foi recebido com muito carinho pela equipe.

“Trabalhamos com muito empenho e estamos gostando muito. Espero que o público também goste”.

As novas revistas

Os quadrinhos Disney estão caprichados. Com 64 páginas cada uma, as revistas chegam no tamanho conhecido como “formatinho”. As capas são em papel couchê e o miolo em papel offset. O preço sugerido é de R$ 6 por edição.   

Para saber todas as novidades das revistas mensais em quadrinhos Disney, acompanhe as redes sociais da editora Culturama. Facebook/quadrinhosculturama, específico para quadrinhos ou Facebook/culturamaeditora, para as informações de todas as linhas de produtos da Culturama. No instagram, a editora pode ser encontrada por meio do @culturamalivros.